Desenvolvendo em Java no Ubuntu, sem mistérios!

Instalar qualquer coisa em Windows é muito fácil, ainda mais para um programador, assim espero, logo vou montar este breve tutoria sobre a instalação no Ubuntu. Eu utilizo o Ubuntu a bastante tempo e sempre que preciso montar o ambiente tenho que sair caçando tutoriais na net, então vou deixar aqui como fazer. Eu sempre tive tara por instalar S.O.(Sistemas Operacionais), não posso ver uma versão nova, seja de Windows, ou Ubuntu(O único linux que tenho familiaridade), que já quero logo formatar o PC e instalar a nova versão.

1 – Fazendo os downloads

Versões atuais do Java / Versões do Java 8 JDK– Eu estou baixando o jdk-8u45-linux-x64.tar.gz

Versões atuais do Eclipse – Estou baixando o eclipse-jee-mars-R-linux-gtk-x86_64.tar.gz

Versões atuais do Maven – Estou baixando o apache-maven-3.3.3-bin.tar.gz

2 – Descompactando os arquivos

Breve descrição sobre a configuração de pastas do Linux

Vamos começar. Abrar um terminal, entre no diretório que contém os arquivos baixados. Todos estão compactados com tar.gz. Vamos então descompactá-los para o diretório /opt

Vou criar uma pasta desenvolvimento dentro de opt para agrupar tudo relacionado ao desenvolvimento.

Crie a pasta dentro de opt

cd /opt

sudo mkdir desenvolvimento

Depois descompacte os arquivos(Que no meu caso estão em /home/marcelo/Downloads) para dentro da pasta opt/desenvolvimento

cd /home/marcelo/Downloads  

sudo tar -vzxf jdk-8u45-linux-x64.tar.gz -C /opt/desenvolvimento/

sudo tar -vzxf eclipse-jee-mars-R-linux-gtk-x86_64.tar.gz -C /opt/desenvolvimento/

sudo tar -vzxf apache-maven-3.3.3-bin.tar.gz -C /opt/desenvolvimento/

3 – Configurando as variáveis de ambiente e o diretório profile.d

Todos os scripts(.sh), que estiverem dentro do diretório /etc/profile.d serão executados na inicialização. Logo adicionaremos neste diretório nosso script.

cd /etc/profile.d/

sudo gedit java.sh

adicionar as seguintes linhas

#!/bin/sh
export JAVA_HOME=/opt/desenvolvimento/jdk1.8.0_45
export JRE_HOME=/opt/desenvolvimento/jdk1.8.0_45/jre
export CLASSPATH=$CLASSPATH:.:$JAVA_HOME/lib:$JRE_HOME/lib
export M2_HOME=/opt/desenvolvimento/apache-maven-3.3.3
export MAVEN_HOME=/desenvolvimento/apache-maven-3.3.3
export M2=/opt/desenvolvimento/apache-maven-3.3.3
export PATH=$PATH:$JAVA_HOME/bin
export PATH=$PATH:$M2_HOME/bin

Salve o arquivo. De a permissão de execução, eu vou dar todas as permissões pois já sei de cabeça. E vou executar o script, para já inicializar sem precisar reiniciar neste momento.

sudo chmod 777 java.sh

source /etc/profile.d/java.sh

Se quiser saber mais sobre shell script linux http://www.devmedia.com.br/introducao-ao-shell-script-no-linux/25778

4 – Testar se tudo realmente funcionou

java -version

echo $M2_HOME

Você deve ver algo parecido com isso:

Captura de tela de 2015-07-09 11:33:43

Você pode agora abrir o eclipse:

cd /opt/desenvolvimento/eclipse/

./eclipse

eclipse

Agora vamos criar um projeto maven no eclipse, utilizando o wizard:

Captura de tela de 2015-07-09 11:45:15

iCaptura de tela de 2015-07-09 11:44:36

Captura de tela de 2015-07-09 11:48:34

E através de um terminal vamos testar a geração do jar:

cd /home/marcelo/workspace/umexemplo

mvn clean install

E veremos isso:

Captura de tela de 2015-07-09 11:58:31

E dentro do diretório target encontraremos o nosso jar, gerado pelo maven, no caso o umexemplo-0.0.1-SNAPSHOT.jar

Por hoje é só pessoal!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s