Bilhete Único e Smartphone – Um guia sobre a incompatibilidade

Já de inicio digo que este é um post patrocinado(#sqn), só que não!?!?

Eu trabalho na equipe de desenvolvimento do App Ponto Certo Bilhete Único, mas a empresa não está me pagando adicional para escrever em meu Blog particular, porém como ela paga meu salário todo mês, é mais ou menos patrocinado, não é!?

Atenção: Caros concorrentes, não irei dar nenhuma dica sobre detalhes de implementação e nem regras de negócio, podem tirar vossos cavalinhos da chuva!

Introdução

Para o seu celular, poder ler um cartão Mifare Classic(cartão Bilhete Único) ele precisa de um chip NFC. Este chip pode ser produzido por diversos fabricantes (NXP, Broadcom, Samsung entre outros).

165258_RB_00_FB.EPS_1000índice

Além dos diversos fabricantes, temos também diversos padrões ou tipos de tags NFC, que estão definidas no NFC Fórum, a entidade responsável por regulamentar os tipos de NFC e a tecnologia em si. Abaixo coloco esta tabela que ajuda a mostrar as diferenças entre os tipos.

 

29-0
Tipos de Tags NFC

O importante da tabela acima é mostrar que a Tag MIFARE Classic, é compatível apenas com os chips da NXP.

Porém por ser um padrão definido para a NXP, para um fabricante de chip poder ler um cartão Mifare ele precisa ter um acordo comercial com a NXP, e provavelmente pagar algo para eles. Essa é uma parte do problema. Nem a Broadcom e nem a Samsung tem esse acordo, não esqueça isso, será mais importante mais adiante.

Cada fabricante de celular, por exemplo, Sony, Motorola(Lenovo), Asus, Samsung, LG, quando decidem lançar um novo modelo de celular e decidem que irão adicionar a funcionalidade de NFC, eles precisam adicionar um chip de NFC no celular e que normalmente, este chip é da NXP ou Broadcom. Pelo que eu vi por esta longa estrada da vida(“sigo longe e não posso paraaarrr, na esperança de ser campeão…..”), não há uma regra para a escolha de qual chip a ser utilizado, cada hora escolhem um e pronto. E aí começa a nossa dor de cabeça.

As empresas de transporte público

imagessptransNo inicio, Deus criou o céu e a terra e viu que era bom. Logo em seguida em meados de 2004 a SPTRANS lançou o Bilhete Único em SP(Talvez não tão logo em seguida assim), utilizando em seus cartões inteligentes a tecnologia Mifare. Outras empresas de transporte também lançaram equivalentes logo em seguida como o cartão BOM da AutoPass, entre outros em várias cidades do Brasil. Claro que as catracas dos ônibus possuem chips NFC para leitura destes cartões. A tecnologia serviu para que o usuário pudesse ter seus créditos no cartão e não mais em papel.

Porém a tecnologia MIFARE(Classic no caso) já está bastante ultrapassada. Gente, antes de tacarem pedra ouçam, isso foi uma revolução na época, a troca do bilhete em papel para eletrônico. Isso foia há mais de 10 anos, nem havia smartphones na época.

bomMAs com o passar do tempo e a evolução dos celulares para smartphones, e a consequente queda nos preços, vislumbrou-se(que palavra bonita), a possibilidade de utilização dos smartfones(que começaram a vir com NFC) para a leitura do bilhete único. Afinal seria muito bom que uma pessoa pudesse consultar o saldo de seu cartão a qualquer momento, sem estar no ônibus, podendo assim descobrir se é necessário recarregar o cartão antes de se dirigir ao ponto de ônibus.

Segura na mão do tio, e usa um pouco de lógica:

1 – NFC é tecnologia que permite a leitura do  cartão Mifare;

2 – O Bilhete Único(O BOM também) é um cartão Mifare;

3 – O meu smartphone veio com NFC(chip NFC);

Logo, o meu smartphone com NFC(S4, S6, Moto X Play, Style, Zenfone), lê o cartão Bilhete Único! NÃÃÃÃÃOOOO. Se você prestou atenção até aqui talvez já deve imaginar o porquê desta resposta!

logos

O item 3 é verdadeiro, se e somente se, o chip NFC do celular for da fabricante NXP, ou de alguma empresa que tenha acordo comercial com a mesma. E ultimamente a NXP não está sendo escolhida nos novos aparelhos, não sei o porquê.

“Ahhhh, então quando eu for compra um novo smartphone é só eu olhar na caixinha, ou falar com o vendedor da loja para saber o fabricante e está tudo resolvido!!!”. Mais ou menos cara-pálida, essa é uma informação que eu te garanto que o vendedor não sabe te informar, e no site do fabricante do aparelho provavelmente você também não terá essa informação, afinal, ninguém nunca precisou se preocupar com isso,  e nem deveria mesmo, afinal, são dezenas de fabricantes para centenas de peças. Os fabricantes do celular não acham relevante divulgar esta informação pois isso nunca foi um diferencial. Mas garimpando na internet você acaba conseguindo essa informação.

E é por isso que o aplicativo Ponto Certo Bilhete Único funciona em alguns aparelhos de celular e em outros não. Não importa se o aparelho é mais recente, ou top de linha. O que importa é o chip NFC que o fabricante(Motorola, Sony, Samsung, LG, ….) escolheu para vir no seu aparelho.

imagesA galera mais revoltada vai dizer, então que a SPTRANS troque a tecnologias dos cartões, as catracas, o sistema, … Mas o que fazer com os cartões atuais? Qual é o custo desse processo? Afinal são MILHÕES de cartões! Quem vai pagar por isso?Eu, tu, ele, nós, vós, eles?  Novamente os sindicalistas: “mas então o governo quepague!”. Bem pode até pagar, mas ele deve gastar alguns milhões com isso? Ou deve fazer escola, hospital, posto de saúde… There is no free lunch!!(expressão americana: não há almoço gratis).

Ponto Certo Bilhete Único

lgopontoPor tudo que foi explicado anteriormente, não há o que a Rede Ponto Certo, ou qualquer outra empresa de desenvolvimento de software possa fazer para que um aplicativo leia o seu cartão Bilhete Único, caso o seu aparelho não tenha um chip NFC(tecnologia) da NXP(Fabricante) ou de uma de suas parceiras, embutido nele, infelizmente!!! Mas mesmo que o seu aparelho não tenha chip NFC da NXP, você ainda pode utilizar o aplicativo para comprar os créditos, e fazer a recarga em qualquer terminal de recarga da SPTRANS, em qualquer ponto da Ponto Certo ou de qualquer outra empresa que presa serviço de recarga a ela. E caso você seja o sortudo de possuir um smartphone compatível, já poderá carregar na hora, em qualquer lugar onde estiver, desde que claro, também possua uma conexão de internet(3G/4G, WIFI, …).

A Rede Ponto Certo foi pioneira na recarga de cartões de transporte em POS, Máquinas de Auto-Atendimento e também na utilização de smartphones para a consulta de saldo destes cartões, e até onde eu saiba é a única que conseguiu desenvolver a tecnologia para gravação em smartphones, de forma segura, sendo homologada pela SPTRANS. O aplicativo está constantemente sofrendo alterações para adicionar mais facilidade ao usuário, adicionar novas formas de pagamento, layout inovador e etc(espero agora ganhar um aumento, kkkkk).

pontocertobu

Glossário

Quase que totalmente tirado do Wikipedia! Citei a fonte pelo menos.

NFC (Near Field Communication) – Tecnologia que permite a troca de mensagens entre dispositivos sem a necessidade de fios(wireless). É um padrão definido pelo NFC Fórum, criado pela NXP, Sony e Nokia, um consórcio global composto de companhias de hardware, software, cartões de crédito e banco: Qualcomm, LG, Nokia, Huawei, HTC, Motorola, NEC, RIM, Samsung, Sony Ericsson, Toshiba, AT&T, Sprint,  Google, Microsoft, PayPal, Visa, Mastercard, American Express e Intel.

Tipos de dispositivos NFC

Passivo: apenas um dos dispositivos gera o sinal de conexão, o segundo apenas recebe. Assim é possível colocar etiquetas NFC em itens que não recebem alimentação elétrica direta, como cartões(Bilhete Único), embalagens e cartazes.

Ativo: ambos os dispositivos geram o sinal, por exemplo, um smartphone e um receptor no caixa de uma loja.

Peer-to-peer: cada dispositivo pode tanto receber quanto enviar dados para o outro, por exemplo, para a troca de arquivos entre dois celulares.

Mifare: É uma marca da NXP, para designar cartões inteligentes sem contato(contacless).

Fontes:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Near_Field_Communication

https://en.wikipedia.org/wiki/MIFARE

71 comentários em “Bilhete Único e Smartphone – Um guia sobre a incompatibilidade

  1. Pois é!!! Fiquei arrasada quando fui fazer recarga com o meu bonito S6 e não reconheceu meu bilhete único… celular lindo e bilhete de proletariado não combinam, não são compatíveis! :-O

    Então, faço o que você falou, faço a recarga pelo site e habilito os créditos no metrô. As vezes, quando lembro, faço recarga no celular da minha mãe. Pasmem, é um S5 e funciona! Maldita Samsung…

    Bilhete único é tudo de bom, não tenho dúvidas que a substituição dos bilhetinhos de papel foi uma puta evolução. Lembra da história do nosso amigo Latino e o ônibus articulado? hauahuahauha…

    A única desvantagem que vejo no BU é que não dá mais pra trocar o passe por churros… 😛

    Curtir

    1. Nos galaxy da vida nós acreditávamos na regra do ímpar s3 e s5, compatíveis e s4 e s6 não. Porém o s7 quebrou a regra, kkkkk. Eu não lembro da história do Latino, tô ficando velho, kkkkk. No futuro, acredito que eles devam trocar a tecnologia do cartão para Desfire ou outra mais moderna. Ou talvez outra coisa, um chip sobe a pele, uma lente de contato eletrônica, vai saber. Ahhhh churros, era esquema mesmo, podia trocar por qualquer coisa, mas por churros era sensacional!

      Curtir

  2. Esperei por um post desse com informações técnicas, e vindo de um funcionário da empresa em questão, melhor ainda! Pois é, cara, sou grato pela facilidade tremenda de recarregar o bilhete pelo smartphone mas infelizmente terei de ter sorte na próxima troca de aparelho (não é fácil achar informações sobre o fabricante do chip nfc do celular e às vezes a informação não está disponível)

    Mas enfim, obrigado pelo post!

    Curtir

  3. Obrigada pelas informações! Fiquei frustrada quando vi que o meu cartão não carregava! Mas acredito que a SP trans pode sim alterar a tecnologia fazendo a troca gradual dos cartões, assim como fazem com as moedas quando vão sair de circulação. Outra coisa: precisam facilitar a vida de quem quer comprar um bilhete único, meu Deus! Como e difícil!

    Curtir

  4. Obrigado pela explicação. Nesta hora, vejo ser tarde demais, pedir desculpas ao vendedor que tentou me explicar isso, e ainda assim, levou um murro na fuça pois pensei que estivesse tentando me enganar, apenas para garantir uma venda. Agora, com uma educação imensa, me respondam: “ONDE EU VOU ENFIAR ESSE CELULAR DE QUASE 2,5MIL REAIS?”. É para fu**der o bolso do guarda, mesmo… Meu aparelho é um … ah, na moral, tenho até vergonha de falar…

    Curtir

    1. Hoje em dia você pode comprar os créditos pelo aplicativo e realizar a recarga em algum ponto de recarga de qualquer empresa, inclusive dentro de alguns ônibus que já possuem terminal para a recarga no próprio ônibus. MAs de preferência para a recarga na Ponto Certo! 🙂

      Curtir

  5. Obrigado pelos esclarecimentos.
    Tenho uma dúvida, no entanto: os leitores de NFC nas catracas dos ônibus e do metrô só conseguem ler cartões Mifare?
    Se o Bilhete Único passasse a ser emitido com uma tecnologia não proprietária da NXP, as catracas não conseguiria ler os bilhetes? Caso haja compatibilidade, poderia haver uma transição gradual para um novo padrão de cartões, sem um custo exorbitante.
    Eu achava super prático carregar meu Bilhete Único no meu Galaxy S3 e fiquei bem frustrado quando soube que meu celular novo – um Zenfone 2 – não era compatível. Pelo menos consigo usar o NFC dele para fazer pagamentos com o sistema do Banco do Brasil, o que é bem legal.
    Abraços!

    Curtir

    1. Acredito que não. Podem ler mais tipos de cartão, mas sinceramente não sei. Mesmo sendo capaz a foram de ler e gravar o cartão nas novas tecnologias é bem diferente, e é necessário atualizar os terminais das empresas de recarga, o sistema do servidor da SPTRANS, e muitos outros detalhes técnicos.
      Nenhum Zenfone é compatível infelizmente.
      Sorte a sua conseguir pagar com Banco do Brasil, o pagamento com cartão de débito é bastante restrito e vários banco bloqueiam as transações de débito na Internet.
      Abraço!

      Curtir

  6. Estava pensando aqui…e se eu comprar um leitor nfc para o meu PC? Será que vira? Só não sei ainda qual software eu teria de usar… o leitor custa algo em torno de 100zão no mercado livre.

    Curtir

    1. O pagamento com débito é bem dificultado pelas regras de segurança dos bancos para mobile fora do aplicativo deles. A compra com cartão de crédito funciona muito melhor. A bandeira cobra mais caro nas taxas,as fraudes saem das costas dos bancos e caem nas costas dos ecommerces.

      Curtir

  7. Muito legal o texto, parabéns. Imagino que os celulares novos não venham com o chip da NXP pq o Mifare Classic é um protocolo inseguro. Tem alguns papers que descrem ataques bem triviais… Espero que a substituição ocorra em breve 😦

    Curtir

  8. Olá. Parabéns pelo post. Ajudou bastante. Eu estou sempre pesquisando aparelhos que tenham o recurso NFC com o chip da NXP. Achei o link abaixo e ele consegue te dar uma boa ideia de quais estão utilizando da NXP:
    https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_NFC-enabled_mobile_devices

    Hoje utilizo o Motorola Moto X XT1058 e funciona normalmente a Consulta de Saldo, Recarga, etc do App Rede Ponto Certo Bilhete Único, mas ainda estou a procura de um aparelho com melhor bateria, pois a do Moto X é triste, acaba muito rápido.

    Obrigado

    Curtir

      1. Olá Marcelo e Jefferson. Estou pensando em comprar um Samsung Galaxy S5 SM-G900. Eu já vi até no site da Rede Ponto Certo que ele funciona o App do Bilhete Único normalmente. Mesmo sendo um smartphone que não é mais tão novo acho que tem boas configurações e uma bateria melhor que o Moto X. Obrigado pelas dicas. Vinicius.

        Curtir

  9. Parabéns pelo post.
    Trabalho nessa área a um bom tempo tb e sei como são as coisas, hehehe…
    Infelizmente (não aqui) tem muito usuário que não entende nada e desce a lenha no app, muito bom o seu texto, mesmo para quem é leigo entender que o buraco eh mais embaixo.

    Curtir

  10. muito legal esse post, estava querendo trocar o meu S6 po um S7 temendo que o S7 não faz a leitura do bilhete unico.
    comprei o meu S6 em Taiwan e ele está fazendo a leitura do bilhete, engraçado isso não? s6 do Brasil não faz a leitura, ma do Taiwan faz.
    oh! Samsung, deveria padronizar td não?

    Curtir

    1. Para eles tanto faz, o negócio de recarga de transporte é muito pequeno perto do quanto ganham com a venda de celular. Acredito que talvez em Taiwan conseguiram um acordo comercial melhor com a NXP, talvez as fabricas sejam perto, o transporte entre elas mais fácil e assim o celular fica alguns centavos de dólar mais barato. Mas nunca entendi essa lógica por trás da montagem dos celulares.

      Curtir

  11. E poderemos esperar ainda para este século a opção de pagar a passagem encostando O CELULAR no validador do ônibus/metrô? Os validadores leem qualquer chip NFC, bastando uma camada de software adicional, ou a troca se faz necessária também?

    Curtir

  12. Interessante. Busquei ao sobre isso, pois hoje queria consultar o saldo e fazer uma recarga, mas meu Galaxy S6 mostra mensagem de NFC não suportado. Como também sou de TI, achei seu artigo interessante, facilitando o acesso à informação. Obrigada

    Curtir

  13. Paguei uma nota em um smartphone com NF para poder recarregar o bilhete único (até porque esta é a única utilidade que o NFC poderia ter pra mim) E só fui saber deste negócio de incompatibilidade quando não consegui carregar. Grande porcaria!

    Curtir

  14. Tenho um aparelho Samsung Galaxy J5 Metal que possui a tecnologia NFC, e consegui utilizar o aplicativo da Ponto Certo por 3 meses para consultar saldo e recarregar o Bilhete único.
    Hoje, 05/04/2017, o aplicativo não reconheceu como NFC compatível. Como que ficou compatível de Janeiro a março e chegou em abril não é mais compatível?? Se o chip não fosse da empresa NFX desde o começo eu não deveria conseguir utilizar o aplicativo. Certo???

    Curtir

      1. Você pode tentar reiniciar o celular. Se não funcionar enviar para o suporte da RPC relatando desta mesma forma que me informou. Pode ser que alteram indevidamente a configuração, é isso pode ocorrer se aparecer algum modelo igual ao seu, porém com problema e que mude configuração no sistema deles.

        Curtir

      2. Pelo jeito o problema é geral. Vi nas avaliações que tem no Play Store. Houve uma atualização recentemente e a RPC passou alguns procedimentos como reiniciar o celular, desinstalar e reinstalar o app e apagar o cache do app. No meu caso não funcionou. Eles me orientaram via atendimento online que eu tentasse utilizar o app no final do dia. Vou tentar… será a última opção.

        Curtir

  15. estou um caso igual, já estava usando recarga do celular a dois meses no meu celular, que é um samsung s5. hoje fui realizar uma recarga e percebi que o aplicativo estava diferente e não reconheceu o meu NFC. Não realizei nenhuma alteração no meu celular. Fiquei p da vida…

    Curtir

  16. nada haver, no sony xperia m2 antes de atualizar ele não aceita o bilhete, depois de atualizar ele passa a ler, como me explicaria isso então se o negocio é o chip interno?

    Curtir

  17. utilizava o sony t3 normalmente nas recargas até março de 2017 , ai houve uma atualização do app e agora diz que o celular é incompativel , como pode isso? tentei fazer um downgrade do app ponto certo , mas não funciona diz que o programa esta desatualizado .

    Curtir

  18. Eu sempre fiz compra e validação da recarga através do meu S5, mas de uns 2 meses pra cá, consigo efetuar a consulta do saldo e fazer a compra de créditos. Ao tentar validar, sempre aparece a mensagem que não consegue ler o cartão.
    Sabe o que pode ser? Grata.

    Curtir

  19. Meu caso é um pouco mais estranho:
    Eu uso o app NFC Retag Free para associar ações no celular (abrir apps, colocar em mudo, etc…) com tags “recicladas” (cartões de Bilhete Único e BOM, no meu caso). Meu aparelho é um Samsung A5 2016.
    No Android M, ele até dava uma ou outra mensagem de erro (TAG não compatível), mas funcionava corretamente na maioria das vezes. Nunca tinha testado com o app da Ponto Certo.
    Só que, depois que o celular atualizou via OTA para Android N, ele não lê mais nenhum cartão. Sempre diz que não é compatível (num pop-up do próprio celular) e o NFC Retag Free não dispara mais suas ações.
    Se alguém tiver alguma dica sobre como fazer voltar a funcionar, agradeço.

    Curtir

  20. Muito obrigado pela explicação, tenho um s7 e ficava me perguntado tenho um telefone top de linha e não funciona o nfc….maior raiva pqp. Mas agora tá td explicado.

    Curtir

  21. A explicação é boa, de fato. No entanto, existem dispositivos com chip NXP que pararam de funcionar, como no caso do comentarista Pazi. Estou usando um Xperia L, cuja implementação da Ponto Certo já usou sem crise alguma. Agora, no entanto, há algumas atualizações o aplicativo não reconhece mais o NFC do aparelho.

    No entanto, outros aplicativos, como o Mifare Classic Tool, por exemplo, conseguem reconhcer o cartão, embora, claramente, não possam lê-lo por estar encriptado. Ao que tudo indica o hardware é e sempre foi compatível, mas o aplicativo parece, por alguma comida de bola dos programadores, não suportar mais este dispositivo.

    Há muitas reclamações parecidas na Play Store.

    Curtir

      1. Não trabalho mais na Rede Ponto Certo desde setembro do ano passado. Não sei se mudaram as regras por algum motivo, como fraudes. Talvez tenha adicionado algum controle adicional ou até mesmo um bug específico do App com o seu aparelho devido a versão do Android, ou alguma outra coisa. Tente entrar em contato com eles e passe a informação que antes já funcionou, talvez possam fazer algo.

        Curtir

  22. Gostaria de discordar de você.
    Eu tenho um aparelho Xiaomi Mi5 com NFC tecnologia NXC. Sinto informa-lo que sempre funcionou muito bem, quando de repente, após uma atualização do app Bilhete Unico na Play Store, parou de funcionar a leitura por NFC. Ou seja, o problema está no app e não na tecnologia. Ou estou errado?
    Nada mudou no meu smart phone para que o app parasse de funcionar.
    Entendo suas explicações, como programador que é, mas não faz sentido quando justamente em um aparelho com a tecnologia NXC (e que funcionava no início) de repente parar de funcionar do nada. Como vc mesmo disse: nada mudou nas tecnologias do Bilhete Unico.
    Ainda assim, utilizo o app para fazer recarga. Apenas perdeu a graça não poder ver os créditos e fazer a validação dos créditos comprados, sendo obrigado a fazer isso nos onibus ou metrô.
    Eu tenho por mim que vcs bloquearam o NFC geral por fraudes que poderiam estar acontecendo.

    Curtir

  23. Esqueci de dizer:

    Eu também tenho um celular antigo, Motorola Razr D3, que possui a tecnologia NFC da empresa NXC… O qual também sempre funcionou para fazer as consultas de saldos, e do nada, parou de funcionar.

    Por isso eu digo: é sim o app que não permite mais utilizar o NFC para isso. Eu apenas acho que seria mais honesto dizer a verdade.

    Em tempo, reportagem da revista Veja:

    https://vejasp.abril.com.br/cidades/fraude-bilhete-unico-celular/

    Falha em aplicativo permite fraude no bilhete único pelo celular

    Estudante de Ciência da Computação da capital afirma ter descoberto a brecha de segurança e alertado a SPTrans em dezembro.
    Uma falha em um dos aplicativos de recarga do bilhete único – o cartão de bilhetagem eletrônica do transporte público de São Paulo – permite que créditos sejam clonados com a ajuda de um celular. Um estudante de Ciência da Computação da capital afirma ter descoberto a brecha de segurança e alertado a São Paulo Transportes (SPTrans) em dezembro, mas a empresa se comprometeu a investigar o caso apenas agora, após divulgação na imprensa.

    O rapaz conta ter percebido que, quando o aplicativo da Ponto Certo quer ler ou escrever no bilhete único, ele transfere as informações por NFC (tecnologia de transmissão de dados por aproximação) para o Android (o sistema operacional do celular). “Analisei os dados e encontrei as chaves que a aplicação estava usando para acessar o bilhete.”

    Ao entender que esse sistema abria uma brecha, Santiago conta ter procurado a SPTrans e a Rede Ponto Certo. Ele tem cópias das mensagens, enviadas em dezembro. As empresas não o contataram na época para ter mais informações – a Ponto Certo, na resposta, agradeceu a mensagem e alegou que o sistema era seguro.

    ESTE É O MOTIVO REAL DE MESMO OS SMARTPHONES COM A TAL TECNOLOGIA CERTA, NÃO FUNCIONAREM MAIS COM NFC.

    Só queria entender porque é tão difícil falar a verdade.

    Curtir

  24. Muito boa sua materia(merece aumento)
    Eu tenho um galaxy a5 e ja tive um s6, e nenhum desses dois lê o bilhete unico, a final
    Pra que tem nfc se não funciona?!!!
    A samsung deu mancada,uma empresa dessas fazer istosó pode ser piada.
    Vou comprar um sony.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s